x
x

Estado autoriza promoções de 2,7 mil professores enquanto Cpers alega motivações judiciais

04/10

12:44

Artigo

Com custo que irá ultrapassar R$ 500 mil na folha, o governador José Ivo Sartori autorizou promoções para professores da rede pública.


Em entrevista coletiva realizada em 16 de setembro, o governo confirmou o pagamento referente as alterações de níveis a 2,7 mil educadores, com promessa de que haveria depósito em folha suplementar ainda em setembro.


O Cpers-Sindicato alega que tal movimentação do governo somente ocorreu por conta de ações judiciais ingressadas pelos professores, além da constante pressão exercida pela entidade em reuniões realizadas com o governo.


Segundo o Cpers, o retroativo do benefício deixou de ser pago no início de 2015 e chega a R$ 13,3 milhões. A entidade destaca que governo não detalhou quando irá pagar os benefícios atrasados de 2015 e 2016, e que estes educadores devem procurar assessoria jurídica para análise de cada caso.


*Com informações do site do Cpers e do site da Rádio Guaíba.

ligue para

51 3930 6500

whatsapp para

51 9444 7736

e-mail para

ppcs@ppcs.com.br

Horário de atendimento:

Segunda a quinta-feira: das 9h às 12h e das 13h30 às 18h30.
Sexta-feira: das 9h às 12h e das 13h30 às 17h30.

Rua da República, 493 - Porto Alegre/RS

salas 604, 605 e 606 | CEP 90050-321

Copyright © 2018 - Advogado Servidor Público - PPCS. Todos os direitos reservados.